Ser calvo e ser atraente: como lidar com a alopécia em jovens

Atualidade Svenson Notícias

Muitos jovens têm de enfrentar praticamente de um dia para o outro a queda repentina do cabelo. Na maioria dos casos, essa perda de cabelo tem uma predisposição genética e começa a ser evidente a partir dos 20 anos com as caraterísticas entradas. Mas existem outros fatores que aceleram a alopécia entre os jovens, adolescentes e pós-adolescentes, e que estão em grande parte relacionados com o estilo de vida e a falta de cuidado capilar adequado.

Desde há muito tempo, os especialistas têm alertado para o aumento de casos de alopécia em jovens, incluindo menores de 16 anos, o que se deve, entre outros motivos, a uma alimentação insuficiente e mal equilibrada. Acontece que esta má alimentação, juntamente com a componente hormonal, também contribui para aumentar os casos de alopécia entre as mulheres, e são muitas as que em plena adolescência começam a ter este tipo de problema.

A verdade é que, se em qualquer idade não é fácil enfrentar a queda de cabelo, no caso dos jovens, aceitar esta nova imagem pode ser um verdadeiro problema, já que ser calvo e atraente é algo que não parece ser compatível. Como dizem os especialistas, quanto mais cedo acontecer a queda repentina de cabelo, maior será o impacto psicológico sobre a pessoa, de modo que pode até mesmo afetar negativamente os relacionamentos sociais ou sentimentais.

Para evitar estas situações o melhor, sem dúvida, é aplicar todas as medidas preventivas (ter uma alimentação equilibrada, evitar o stress, ter alguns cuidados capilares adequados), sobretudo se existirem antecedentes familiares de calvície, e quando começar a sentir os primeiros sintomas de queda repentina de cabelo, passar a incluir nos seus hábitos cosméticos diários produtos anti queda e também consultar um especialista para que analise qual o melhor tratamento a seguir, se a queda de cabelo aumentar. Felizmente, nos dias de hoje existem soluções que se têm mostrado eficazes no tratamento da alopécia em geral e, em especial, da calvície masculina. Fármacos como o minoxidil e a finasterida são as opções mais eficazes nestes casos.

E também é importante ter em conta que ser calvo e ser atraente é algo que depende de muitos fatores. Embora de facto se considere uma cabeleira farta como símbolo de juventude e virilidade, existem muitos exemplos de pessoas famosas que decidiram “cortar o mal pela raiz” e que apresentam as suas cabeças totalmente carecas, como o treinador de futebol Pep Guardiola, o cantor Seal, e atores como Colin Farrell, Wentworth Miller (para não falar de “clássicos” como Sean Connery).

Consulta e diagnóstico grátis

O preço ea duração do tratamento são personalizados... Contacte-nos e dar-lhe-emos todas as informações!

Todos os campos são obrigatórios

    1 Li e aceito a política de privacidade e autorizo o tratamento dos meus dados para a gestão da marcação solicitada e envio de lembretes da mesma por telefone ou mensagens instantâneas (SMS, WhatsApp, etc).
    Si Dou meu consentimento para o processamento de dados para os fins publicitários descritos. Posso gerenciar o consentimento individualmente.
    Si Autorizo que os meus dados sejam utilizados para envio de ações promocionais ou publicitárias e descontos através dos canais acima mencionados.
    Si Autorizo que meus dados sejam comunicados ao Google© ou Facebook©, ou provedores similares, para realizar ações publicitárias direcionadas ou públicos semelhantes (semelhantes)